quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Hopeless Romanctic com as Amigas de Plástico - Track by Track


Diretamente da cidade maravilhosa, Raf Guimarães e Diego Mode, inauguram a volta do TBTCI depis de um hiato de meses de abstinência em detrimento a sobrecarga de projetos, ah sim o duo que atende pela alcunha de As Amigas de Plástico tem no currículo o grande NADA! e agora no fim de dezembro soltaram (Ipanema...) Não existe Fudeca em São Paulo, uma obra que destoa da grande e macica producão nacional, é calcada em experimentalismos desconexos e talvez o mais notado é o Neubaten atualizado.

Melhor mesmo é ter a rara oportunidade de ver As Amigas de Plástico ao vivo em cores no próximo dia 11/01 no ECAZ na Galeria Ouro Fino, Rua Augusta 2690, 1º andar loja 213 totalmente de graca, dai você pode tirar suas próprias conclusões a cerca dessa esquisitice essencial.

Mas antes melhor mesmo, é so track by track exclusivo pro TBTCI feito pelos caras.

E o TBTCI 2014, comeca assim.....


Track by track: - (Ipanema...) Não Existe Fudeca em São Paulo
By As Amigas de Plãstico

#1. "VENHA ME VER"

Junto com "hopeless..." é minha música predileta no EP (empate técnico, mas talvez ela tenha vantagem por claramente ter algo de Neubauten nela e também por eu achar que atingi liricamente o mesmo patamar da genialidade que existe no refrão de "schlampe!"). Ela foi construída a partir da fantasia (ou uma ilusão egocêntrica, quase autista) de um encontro que jamais aconteceu. É uma canção/ confissão absolutamente apaixonada, mas que de certa forma aponta algo sobre um receio do personagem...existe uma tensão entre a ansiedade gerada pelo desejo e uma questão de autopreservação acerca de se arriscar...

#2. "HOPELESS ROMANTIC"

A composição em si é claramente uma orquestração feita sobre um trecho obtido pelo método CUT UP. Acho muito interessante que existe um duplo sentido no título que passa direto na percepção das pessoas (qual o sentido de "hopeless"???) De alguma forma ela me remete à "13 mentiras" (do álbum Tschuess - 2008); eu me lembro daquela citação "de todas as mentiras que você me disse, 'eu te amo' é a minha preferida": o que é mais romântico de que mentir que eu teamo em 15 línguas diferentes???

#3. "UMA MADRUGADA COM VOCÊ..."

tempos modernos, relações à distancia: pense no refrão e tire suas conclusões...

#4. "NÃO EXISTE FUDECA EM SÃO PAULO"

OBVIAMENTE o nome é uma brincadeira / pastiche (e tiração de onda com os alternativos "mudernos, descolados e cabeçudos") cuja idéia seria fazer uma prévia no mesmo sentido do título do nosso próximo CD. A canção em si não existia até quase uma semana antes do lançamento do EP, mas esse SEMPRE foi o titulo do projeto. Por alguma razão eu lembrei do Jim Reid declarando no show do jesus & mary chain "fuck the beach, the city is better" e logo veio a idéia de subverter a frase: pronto! a letra estava lá. Uma ode meio torta à cidade...(da mesma forma que escrevi "você pega fogo" para o Rio...) mas para que eu não seja mal interpretado: eu adoro São Paulo, já pensei em me mudar, inclusive; só não tive a menor sorte com garotas paulistas...

Nenhum comentário: