sábado, 13 de junho de 2009

Dreams Never End with Moose

A mais romântica das bandas shoegazers clássicas foi o Moose, os 3 primeiros eps deles são simplesmente essenciais em qualquer coleção que se preze. O Moose em sua fase inicial era carregadissimo de lirismo, influência direta de Nick Drake e Tim Buckley somado a maciça presença das guitarras encharcadas de efeitos e distorções até mesmo nas canções mais acusticas, notadamente o centro criativo da banda era composto por Russel Yates que fez parte da primeira encarnação do Stereolab e Kevin McKillop, ambos tocavam as composições e guitarras da banda. Lembro-me a primeira vez que ouvi Jack e Ballad of Adam and Eve ambas do primeiro EP Jack duas canções que caminham no mesmo sentido as guitarras de Russel e McKillop gritam, berram lembrando muito a forma como Terry Bickers tocava no House of Love, isso sem contar a vocal de Russel que é magistral, um poeta dentre os shoegazers eu diria. Depois lançaram Cool Breeze com destaque para a magnifica Suzanne, aqui as guitarras literalmente vão se lançando para fora das caixas de som e Russel canta sobre um desamor chamado Suzanne, outra perola desse EP chama-se Untitled Love Song, chego a dizer o seguinte cheguei a ouvir essa musica em especifico em determinada fase da minha vida no minimo umas 10 vezes sequenciais a perfeição da musica assusta até, sinto isso nesse momento Untitled Love Song é um primor de canção simplesmente isso. O terceiro EP Reprise conta com clássicos e prediletos da banda em termos de apresentações ao vivo, caso de Do You Remember sempre era o gran finale dos shows, outra prediletissima é This River Will Never Run Dry, essa com guitarras limpidas e cristalinas, tipo mais ou menos se Nick Drake montasse uma banda com William Reid, e claro Last Night I Feel Again, estupenda, soberda um delirio sonoro. Moose é o sonho da canção shoegazer perfeita mesma, uma banda como poucas.

Moose - First 3 Eps (Jack, Cool Breeze, Reprise) - http://www.mediafire.com/?d0lueutm1zm

Nenhum comentário: