quarta-feira, 24 de junho de 2009

Dreams burn Down Again with 93 Million Miles From The Sun


Estou realmente impressionado, fascinado com este soberbo album que vem se juntar a grande coleção de pretendentes a melhor do ano, vide os albuns de gente como Maribel, SVI, Gliss, Insect Guide (esse eu ainda vou comentar porque é merecedor), Vandelles, Sunday Reeds isso para ficar em alguns, agora vamos analisar, o que pode se esperar de uma banda cujo nome é um classico de nada mais nada menos do que o grandioso Swervedriver, no caso 93 Million Miles From The Sun, alias pode se esperar ao menos sons de qualidade com decibeis mais elevados, o de fato é o que acontece nas 12 faixas do debut homonimo dos caras, já de cara Step into the High já da as boas vindas em formas de feedback, assimilando tudo da classic era shoegazer passando pelos experimentais de Bristol, fantasmas de Mark Gardener, Andrew Sherriff, Neil Halstead, Russel Yates, Terry Bickers permeiam cada detalhe do album, sem que o 93 Million se puxe para o lado de qualquer uma das originais dos mestres citados mas sim expandindo a trabalho onde a grandiosidade do 93 million miles from the sun esta fincada na ambientação das guitarras que te guiam para dentro do imponente album que sugere a perfeição a cada musica que passa, desde o inicio com The Times We Have are Now, Yesterday Morning, Darke Star, Lost, bom se deixar eu coloco todas desse magistral album, um trabalho grandioso, ambicioso e com um resultado assombrosamente perfeito, um album para ser ouvido alto no carro, baixo em casa, enfim faça um favor a você mesmo, procure , se vire mas escute urgentemente.

93 Million Miles From The Sun - parte 1 - http://www.mediafire.com/?jjvxk3rnyrz
93 Million Miles From The Sun - parte 2 - http://www.mediafire.com/?myvtvno42dt

4 comentários:

Miguel disse...

Outra para ouvir com atenção!

Death Valley 69 disse...

merece mesmo...

renato

Leonardo Galliez disse...

Tô com esse disco no ipod mas não consegui parar pra ouvir com calma!

Death Valley 69 disse...

depois me diz o que achou