domingo, 26 de abril de 2009

Heart Experience by Wry


Colocando a casa em ordem finalmente e atualizando principalmente as 3 ultimas performances que tive a felicidade de estar presente, vamos começar pela primeira, datada em 10/04, local Studio SP, palco do reencontro de uma das mais queridas e respeitadas bandas nacionais, diretamente de Sorocaba para o mundo o Wry, sobrivivente de umaleva de bandas altamente importantes para o que veio a se chamar de cena indie. A historia resumida é que 4 caras sonhadores do interior de Sampa, montaram uma banda, agitaram a cena cultural e musical do pais, pegaram suas malas e cairam para Londres e dai meu amigos, até Kevin Shields, baluarte máximo para nós reles mortais, deu aval junto com sua parceira Sister Vanilla para Mario e sua trupe noise.


Bom voltando ao Studio SP, eu cheguei bem cedo, a casa nem tinha aberto ainda, dai inevitalmente aquela cervejinha basica no barzinho do lado e bate papo com a rapaziada que estava empolgada para ver o Wry pela primeira vez ao vivo!!!!Do caralho eu achei, imaginem garotada que mais leu e ouviu do que propriamente sabia o que os esperavam, pois trata-se de um show gringo, nada de banda nacional, o Wry é gringo!!!Então, dai casa aberta e dou de cara com um barbudo me chamando, nada mais do que Mr Gilberto Custodio, zoeiras a parte entre nós, eu já sem a cabeleira e a franja shoegazer de outrora, o Giba com sua indefectivel barba e beleza, depois de uma longa espera, eis que:


Noiiiiiiiiiise, é o Wry no palco, e ai de cara já deu para notar a diferença gigantesca dos tempos de 97/98/99 para 2009, os caras dominam o palco, a instrumentação é perfeita entre eles o Sr Mario é dono absoluto do palco, e o novissimo She Science é desfilado na integra, logico alguns pepitas mais antigas, mais o foco é She Science alias, para mim facil facil, o melhor album do Wry, é a sintese de toda a obra dos caras com a vivência em Londres, fiquei pasmo com a presença do grande Mario, e a meninada ao meu lado toda perplexa com a performance, que diga-se de passagem, nivel gringo....enfim entre microfonias, guitarradas, dedilhados e literalmente o lider Bross emocionado com o revival a terra natal, o saldo é mais do que positivo, aguardemos o proximo capitulo deste lindo reencontro entre Wry e Brasil.

Um comentário:

Wry disse...

Adorei a resenha!!