sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Moment for Classics

Tirei a noite desta sexta para ouvir uns clássicos eternos, meio sem conexões aparentes mais que tem um lugar reservado e bem reservado diga-se de passagem todos os albuns que estou ouvindo marcaram epoca tanto na música em si como para mim...


Comecei por um eterno clássico em todos os sentidos uma verdade obra prima de melancolia muitas vezes, mas ao mesmo tempo um album que te faz sentir calmo, sereno....o LC do Durutti Column é assim....alias Vinni Reilly é assim...o Durutti Collumn é a banda mais excentrica da musica eu acho, totalmente fora dos padrões e estilos, nasceu entre o fim do punk e o inicio do pos punk em plena Manchester o Vinni era chegado total do pessoal da Factory principalmente do Martin Hannet e logico Ian Curtis tanto que temos uma música homenagem aqui Missing Boy, mas para mim tem uma em especial que me pega em cheio Never Known, como pode ser tão tranquila e melancolica e tão tão up!!!esse album marcou uma epoca minha que era pura descoberta da música em si....comprei o vinil que por algum absurdo saiu por aqui via Stileto e ouvi até dizer chega.....o LC é e sempre sera eterno....


Dai, passando o momento LC, peguei o debut do Low Dream, Between my dreams and the real things em mp3 para ter facil aqui no note, mesmo porque o cd ah, o cd grande historia comprei diretamente das mãos do Guiliano no Cais depois de um show espetacular onde rolou também as Cold Turkeys, banda a´la Babes in Toyland, alias epoca boa para bandas brasileiras...mas o Low Dream era especial, como dizem era a banda mais inglesa de todas, eu vi no minimo uns 4 shows do Low Dream por aqui e ficando pagando um pau pro baterista, caralho como o cara era bom, e logico viajando, era como se uma parte da Scene That Celebrates Itself estivesse aqui bem do nosso lado, e a demo Dreamland, puta que pariu, ouvi para caralho...mas o lance era o album, era repeat direto....e ia rolando Precious Love, I never had sugar dreams, Watching Caroline´s Dream e lógico Treasure....me lembro da estreia de Treasure no Lado B da MTV, o Massari empolgadaço....grandes e loucos tempos....jamais vou me esquecer....alias nunca!!!

Por fim, e neste exato momento para fechar brincando de deus - better when you love me, outro absurdo album que foi predileto e grande frequentador das minhas listas de albuns mais ouvidos...e facilmente entra no top 3 dos melhores albuns nacionais de todos os tempos, e foi amor a primeira vista, lembro que um belo dia fui até a galeria e como sempre minha loja de cabeceira na epoca era a Bizarre do grande Farinha, semanalmente eu queimada uma grana fodida em cds, singles, e tudo que viesse pela frente, não poderia ser diferente era a epoca das descobertas, de poder ter aquele acervo fenomenal não por menos posso me gabar de ter uma vasta coleção de shoegazer e afins e boa parte veio da Bizarre, bom voltando, o better when you love me eu peguei lá, por recomendação da rapaziada e assim que sai da loja coloquei no carro, e dai Spleen tomou conta da minha mente e ai meu chapa não teve jeito Messias e sua trupe tinham se tornado para mim a melhor banda nacional sempre, mas o album em si é fenomenal, não há como não se render a uma sequência absurda de músicas sensacionais e inspiradissimas, porra depois de Spleen, Christmas Falls on a Sunday e vem perfeição atrás de perfeição, caralho An Evening Out é um hino, So Strange, Tweedledum e para fechar Why don´t you kill yourself on you birthday, é cruelmente belo....e o Messias é um cara iluminado...e a banda é a tipica banda possuida e marcada para ser uma Cult Band para sempre, o incêndio na casa do Messias, a perda de todos os instrumentos, o lugar de onde vieram mesmo, a Bahia de todos os santos como dizem, amaldiçou esses caras...mas posso dizer que para mim eles são como um Velvet Underground, malditos e eternos!!!

- hadn't we met before?
- isn't it a lovely night!
when i hear your name
when i'm almost welloh,
you come and...at this time,
blood and winein my life

like children again,
like children again,
we're crying like children again

i suggest a drink,
i draw a day
it's my last night
take me to your home,
take me to your bed
and make me sleep
at this time,
in your mindf
or all my life

- and evening out - brincando de deus

Nenhum comentário: